-----
 
 
 




 
 
 
Em Dueto
 
 
 

A ESPERANÇA

 

Fátima Abrantes

 

De essência pura e perfeita, 
assim fomos criados.
Laços rompidos, atados ou desfeitos,
a ânsia de viver premente.
Sem sabedoria e reflexão,
comprometemos nosso viver,
 sem necessidade ou intenção.
A razão coerente, não obstante...
Calca o pé no otimismo da esperança,
na verdade da fé
e na retidão da firmeza.
De ser como é, lutar pelo que somos,
para que viemos...

O  que queremos!

 
******
Esperança
 
José Ernesto Ferraresso
 
A esperança sempre existe,
Quando alguém nela persiste.
Sempre está presente,
Nós é que a vemos ausente.
Está sempre nos perseguindo
encontra-nos em nossos caminhos
,
vem para nos brilhar, aclarar e
faz-nos  viver, e acima de tudo
Acreditar.
Esperança que não é uma incerteza,
porque  crês  que está presente,
para iluminar todas as luzes do
universo, e encontrar  um sol que vai brilhar,
e demonstrar o que  almejas
para  seus sonhos poderem  realizar.
Olho Para o firmamento
e tento responder, não sei é real
o que pode acontecer.
Indago a todo instante:
posso ainda viver
com essa força no meu ser?
 
******
 

 
Gratos
Gratos à arte de Clóvis Menezes