A vendedora de sonhos

 

Augusta Schimidt

 

  

Quem quer comprar sonhos...

Quem quer comprar?

Sonhos risonhos, alegres...

Sonhos que o tempo não esquece.

 

Quem quer comprar nuvens...

Quem quer comprar?

Nuvens que passam ligeiras

Deixando ilusões fagueiras...

 

Quem quer comprar emoções...

Quem quer comprar?

Emoções contidas...

Que viraram lágrimas coloridas.

 

 

 

 

Quem quer comprar o tempo...

Quem quer comprar?

Tempo senhor do destino

Mensageiro da esperança.

 

 

Quem quer comprar saudade...

Quem quer comprar?

Saudade que encurta distâncias

Cruzando horizontes...

 

 

 

E quem nada quiser comprar

Também tenho para trocar

Uma grande tristeza contida...

Por um céu de poesia

Um mar de alegria

Um coração cheio de amor...

 

Campinas/SP

Agosto/201

 

 

O Comprador  de Ilusões

 

José Ernesto Ferraresso

 

 

Quero comprar seus sonhos,

e divagar nesta magia.

Encontrar a solução,

para preencher meu coração.

 

Adquirir suas nuvens,

sejam elas passageiras ou não.

 Passam e formam desenhos,

e me trazem emoção.

 

Lágrimas quero afogar,

para poder  lhe ajudar.

Não poderão ser compradas,

e devem ser abandonadas.

 

Tempo eu quero ter,

para poder compreender.

Porque o Senhor destino,

não passa de um desatino.

 

Esta eu posso senti-la,

mas não me deixe sofrer.

Quero saudades alegres,

que me farão viver.

 

Trocar ou comprar,

não quero que seja tristeza.

Porque a nossa poesia,

além de emoção,

está repleta de alegria.

 

 

Serra Negra/SP

Setembro/2010


 

 VOLTAR