Esse Menino
LuliCoutinho


Se me derreto em teu peito
É aí que percebes o meu jeito
Sentes que o amor é feito preito
E aos poucos se embriaga em mim.


Quando este amor acontece, tece
Um amor que te sacia, sentes!
É assim, deixam sementes, lentes
Onde brotam as ilusões...


Suspiras de leve, és delicado!
Em sonhos vives sonhado de amor
Aspiras o ar, meu gosto quer ficar!
E meu cheiro em ti, só arrepiar.

E esse menino emocionado
Com ar de malvado, mas enamorado,
Que eu tanto quero e guardo em mim
Faço-o sublimado, amo-o um tanto assim.
 
 
 
 
LuliCoutinho
Publicado no Recanto das Letras
Código do texto: T349240
 
&
 
ESSE MENINO
José Ernesto Ferraresso
 
Quando aconchegava em teus braços,
Sentia responsabilidade e segurança.
E nesse momento de te enleava,
 Conseguia sentir teus abraços.
 
 
Quando isso me ocorria,
Minh' alma engrandecia.
Sentia que estava sendo amado,
 E um agrado te fazia.
 
 
Esse teu gesto por mim era delicado,
Deixavas-me sempre lisonjeado.
De saber que  podias te amar,
desejar e te cortejar
 
 
Esse menino foi maroto e maltratado,
Agora sabes que podes ser amado.
Compreendes  que o amor é assim ,
E não quer mais se afastar de mim.
 
 
Serra Negra/SP
05/08/10
19:30h
 
 
 
 
 
 
 
VOLTAR