O Poeta

 

Augusta Schimidt

 

 

 

Garimpando estrelas, o poeta,

Vai dando formas à sua poesia

Encanta o mundo,

Faz magia...

 

Com as espumas do mar apaga as dores,

Com bordados de nuvens,

Faz versos ao vento

E mesmo quando há lamento

Faz a gente sonhar...

 

Do silêncio, faz a trilha sonora

Que embala o luar de prata

Quando inspira seresteiros apaixonados

Nas canções que eternizam os enamorados.

 

E o verdadeiro poeta,

O mágico que transforma,

Faz da sua pena a musica suave

E enquanto a melodia toca

A poesia nasce...

 

 

 

 

Campinas/SP

Agosto 2010

 

 

 

&

 

 


 

SOU POETA
 
José Ernesto Ferraresso
 
Quando consigo passar
para o papel minhas emoções,
mistérios e imaginações.
Divagar e criar,
contemplar o que é belo,
e metaforizar o impossível.
Falar das tristezas e das alegrias
porque  são elas que deixam sair
as depressões que alimentam
o meu coração.
Na poesia encontro motivos
para ser feliz e me analisar.
É nela que mostro
o meu mundo e meu retrato interior.
Todo poeta tem um pouco de magia,
e consegue invadir qualquer espaço,
aprofundar nos sentimentos,
e usar sua liberdade de expressão.
 
Serra Negra
Março/10




VOLTAR