----- - -----
 
--
-----

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

 
 
SIMPLESMENTE, AMO
Lêda Mello

 
Não me perguntes porque te amo.
Não terei as respostas.
Não há porquês  para o amor.
E nem preciso de porquês para te amar.
Amo-te porque te amo.

Pergunta-me como te amo!
Esta resposta terei para te dar.
Amo-te como a ave 
que encontrou o seu ninho,
que não se afasta da alma  que a completa,
que não se desfaz do encanto de te amar,
porque seria como se desfazer de si mesma.

Pergunta-me quando te amo!
E eu te responderei, simplesmente,
sempre é o tempo para te amar.
Terna, fiel e constantemente sempre.
A cada agora. Sempre.
 

Arapiraca (AL) - Brasil
 
 
#  #  #
 
 
DESEJO-TE
José Ernesto Ferraresso


Não questione  porque te desejo.
Venhas provar e terás a resposta.
Não existe outra forma de
te amar, 
sem se aconchegar e confirmar.


Como te desejo?
 É fácil... só me corresponder
 e terás a confirmação de quanto te quero bem
 e te considero,
porque  quero  te compreender.


Quanto te desejo?
Ah! sim , agora confirmastes,
deves se apresentar,
chegar e me satisfazer,
descobrir e me amar para saber.

Desejo-te 
como um pássaro que avança o infinito,
transpõe  limite,
 e aprende  voar e respeitar.

Serra Negra/SP
16/02/11
 
 
#  #  #
 
Arte final por Lêda Yara