Jose Ernesto



TENHO DE ME SENTIR FELIZ
José Ernesto Ferraresso



Posso poder tocá-la
Sentir sua pele bem macia,
Pouco judiada pelo tempo
Mas de uma beleza que irradia
Como o amanhecer de um novo dia .


Gosto de recordar momentos nossos
Quando criança quando me afagava e me ninava.
Parece hoje uma estranha sensação
Mas isso faz bem ao coração,
Quando ela ainda me toca com as mãos.


Hoje, pelo menos eu sei ,
Dos milhares de afagos que dei,
Quantos carinhos e beijos transmiti,
Em todas as experiências tristes e alegres
Dos tempos que com ela eu vivo e vivi .


Ela está aqui comigo,
Com seus oitenta e quatro anos vividos,
Rogo a Deus em minhas orações todos os dias
Para nunca me deixar,
Mas só Ele sabe quanto, esse tempo ainda irá durar.


Ela continua alegre, é cheia de vaidade !
Uma pessoa igual a outra qualquer,
Que não se julga velha por motivo da idade,
É feliz como qualquer outra mulher ,
Em seu jeitinho meigo ela traz...amor e muita bondade.


Autor: José Ernesto Ferraresso
Todos os Direitos Reservados

 

Está proibida a cópia total ou parcial desta página.



Voltar



Arte e Montagem by Jane Botti - Br